O Endocrinologista é o médico formado que  passou por  quatro  anos  de  residência  médica,  dois  anos  na  área  de  Clínica  Médica  e  dois  anos  na  Endocrinologia,  em  Hospital  Escola  credenciado  pelo  Ministério  da  Educação  e  Cultura,  autorizado  pela  Sociedade  Brasileira  de  Endocrinologia  e  Metabologia (SBEM).  No  final  de  quatro  anos  este  profissional  é  submetido  a  uma prova  de  título  da  especialidade,  realizada  pela  SBEM,  entidade  conveniada à Associação Médica Brasileira desde 1968. O título de especialista dá ao médico o direito de registrar sua titulação no Conselho Regional de Medicina e se divulgar sua atuação como Médico Endocrinologista. Esse estudo em horário integral permite ao médico endocrinologista se aprofundar no conhecimento das doenças endocrinológicas, atendendo sob supervisão tanto pacientes ambulatoriais, como pacientes internados. Entre suas principais áreas de atuação estão:

  • Doenças da Glândula Supra-Renal

Aumento de peso, estrias avermelhadas, pelos excessivos, pressão alta ou baixa, puberdade precoce, além do escurecimento da pele, podem significar problemas na glândula Supra-Renal.

  • Reposição Hormonal da Menopausa

A reposição hormonal é um tratamento eficaz, feito com hormônios iguais aos da  própria mulher, para amenizar o  desconforto e riscos causados pela menopausa.

  • Obesidade

A obesidade representa um risco para a saúde das crianças e dos adultos. O tratamento orientado pelo especialista evita uma série de complicações, como as cardiovasculares e as ortopédicas.

  • Crescimento

Uma criança saudável tem um crescimento normal, O crescimento deficiente ou excessivo pode ocorrer em função de alterações hormonais, nutricionais ou genéticas.

  • Excesso de Pelos

Mulheres com excesso de pelos na face (hirsutismo), acne ou aumento da musculatura podem estar com produção excessiva de hormônios masculinos.

  • Distúrbios da Puberdade

Crianças que desenvolve precocemente pelos pubianos, odor axilar e têm desenvolvimento das mamas, apresentam distúrbios hormonais e necessitam avaliar a origem do problema. Os adolescentes que não desenvolvem essas características também necessitam de uma avaliação.

  • Tireoide

Nódulos ou aumento do volume do pescoço, nervosismo, insônia e alterações no ritmo intestinal, coração acelerado ou desacelerado, perda ou ganho de peso e excesso de frio ou calor podem revelar distúrbios da tireóide.

  • Distúrbios da Menstruação

Alterações no ciclo menstrual (falta de menstruação ou menstruação mais de uma vez ao mês) podem significar problemas hormonais. Por isso, necessitam de investigação e tratamento adequado.

  • Doenças da Hipófise

Tumores da hipófise podem levar à presença de leite nas mamas, fora do período de amamentação, além de mudanças faciais, aumento do numero do sapato, dores de cabeça e distúrbios da visão.

  • Diabetes

Se você tem excesso de peso, parentes com diabetes, hipertensão ou

alterações da gordura no sangue, procure um endocrinologista. Você pode ficar com diabetes. Mas, se você bebe muita água, urina muito e perde peso, pode já estar com diabetes.

  • Colesterol e Triglicerídeos

A alimentação inadequada e algumas doenças podem levar ao aumento do colesterol e dos triglicerídeos em adultos e crianças. Com um tratamento adequado, o risco de futuras complicações cardiovasculares é reduzido.

  • Osteoporose

A osteoporose é uma doença endócrina. Dores nos ossos e fraturas frequentes podem significar enfraquecimento ósseo. Procure seu endocrinologista. Ele pode diagnosticar e indicar o tratamento adequado.

  • Andropausa

Os hormônios masculinos podem diminuir quando o homem envelhece. Nesse caso, algumas pessoas podem sentir cansaço, diminuição da força muscular e disfunção sexual, necessitando da ajuda do especialista para fazer reposição hormonal.

Em todos os casos citados é importante que, identificados os sintomas, seja consultado um endocrinologista. Para saber se o médico é endocrinologista, veja no site do Conselho Regional de Medicina do sue estado, ou no site da SBEM. Se for, lá deverá constar “Especialidade: ENDOCRINOLOGIA E METABOLOGIA RQE Nº (o número do registro). Tenha sempre a segurança e o cuidado de buscar um endocrinologista com formação reconhecida, completa e regular, para que tratamentos errados ou incompletos não sejam aplicados.

DIREITOS RESERVADOS - DR. RODRIGO GOMES PEREIRA | ENDOCRINOLOGISTA E METABOLOGISTA | CLÍNICA AME 

© 2020

SITE EM CONSTRUÇÃO